Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

OnlyCharlottee.

Carlota ou Charlottee para os amigos. De todos variados temas, com uma mascote e sítios giros e super giros para passear.

21
Nov16

#LasFicheras

     Fiz as malas e arranquei para o México!! Mas a viagem foi rápida, cerca de meia hora... no fundo parei no Cais do Sodré!

 

     O meu ponto de paragem chama-se Las Ficheras.

 

     Ao entrar senti-me logo do outro lado do Atlântico devido à decoração híper colorida cheia de caveiras mexicanas, mas confesso que a margarita de abacaxi ajudou imenso na envolvência da coisa (principalmente porque não continha apenas aquele típico sal no copo mas como pimenta, sim, PIMENTA!)

 

     Como entrada pedimos Pulpo com Camote e não nos arrependemos! O prato estava super apelativo como podem ver nas fotos!

     É obvio que nesta experiência mexicana tínhamos de ter tacos! Esta escolha foi fácil porque a descrição do Taco Pastor era bastante atractiva, tortilhas de milho, carne, ananás e especiarias. Já entendem a facilidade da escolha?!

 

     Como uma amiga costuma dizer “há sempre espaço para uma sobremesa” e eu levo super a sério! Sobretudo quando vi o cardápio, apesar de ter sido difícil a escolha, optei por pudin de maracuyá con tequila.

 

     Despedi-me do México que reparei que ao do Las Ficheras já estava no centro de Lisboa! E como boa lisboeta que sou é certo que fui dar a minha volta favorita pela baixa.

Unknown-2.jpeg

Unknown-3.jpeg

Unknown-4.jpeg

Unknown-5.jpeg

Unknown-6.jpeg

Unknown-8.jpeg

Unknown-9.jpeg

Unknown-10.jpeg

Unknown-11.jpeg

Polvo assado, batata doce, guacamole, coentros e lima.

 

Unknown-12.jpeg

Pudin de maracuyá con tequilla.

 

Unknown-13.jpeg

Unknown-14.jpeg

Unknown.jpeg

15171294_1251904044866485_3491824008075296333_n.jp

 

15
Nov16

#SantaCruz16

     Na minha lista de locais ideais para viver, nos primeiros lugares podem encontrar Santa Cruz. E não é de agora!!

     Não me perguntem porquê, mas desde pequena que acho aquele local único e tranquilo, às vezes até tranquilo de mais, mas... gostava de viver longe e perto da cidade ao mesmo tempo. Creio que ali tenho o equilíbrio. Um meio termo.

     Cada vez que lá vou (eu e a maioria das pessoas aposto!!) a partir do momento em que estacionam o carro, fazem aquela típica voltinha. Praia da Formosa, “Rua Augusta” é assim que eu chamo à rua que eu considero principal (quem conhece a zona sabe qual é!!) e a praia de santa cruz e volta para trás! A praia é quase sempre ventosa e água gelada.

     Cenas típicas que já fazem parte, aliás se a água fosse quente era uma desilusão, ninguém vai preparado psicologicamente para não se sentir como um pinguim. 

     Continuando nesta voltinha que parece pequena, mas não o é. Há sempre espaço para algo doce, aconselho vivamente o Café Parque, mas aconselho ainda mais as bolas de Berlim. Só houve uma vez que fui a Santa Cruz e não parei nessa pastelaria, acreditam que ainda hoje me arrependo! Faz parte da tradição. Traí a minha tradição.

     Continuando na visita a Santa Cruz, aconselho um dia de sol, acreditem que não é fácil, o tempo é muito tramado, mas se forem em dias limpos têm o privilégio de avistar as Berlengas (local que com muita pena minha ainda não visitei #shameonme).

     Pessoal de Lisboa que ainda não conhece esta terra simpática e altamente, não sei do que estão à espera, é cerca de 1h e tal de carro, tudo depende da vossa viatura, mas não vale cometer excessos! Quem é de mais longe, acrescentem imediatamente à lista de locais a visitar! Tipo já!

 

 

Unknown-1.jpeg

Unknown-2.jpeg

Unknown-3.jpeg

Unknown-4.jpeg

Unknown-5.jpeg

Unknown-6.jpeg

Unknown-7.jpeg

Unknown-8.jpeg

Unknown-9.jpeg

Unknown-10.jpeg

Unknown-11.jpeg

Unknown-12.jpeg

Unknown.jpeg

12
Nov16

#Madeira16

foto_madeira16.png

Não sabiam, mas eu faço anos num feriado. E eu tenho uma velha máxima que é “NÃO PASSAR OS ANOS EM LISBOA”, isto não é levado a sério há muito tempo, comecei com isto o ano passado. 2016 começou e eu comecei logo a magicar onde iria passar o meu aniversário, até que me lembrei da ilha da Madeira. É uma ilha lindíssima, com comida óptima, ou seja, é um bom local para passar o aniversário.

 

Eu e mais um amigo meu, o meu companheiro de aventuras já há ... muitos anos quase séculos, fizemos as malas e fomos. Adorámos e recomendamos! Nós que somos completamente meninos na cidade achamos uma grande diferença, faltava aquele barulho do trânsito e das pessoas, sabem? Por outro lado, tem paisagens incríveis, espaços verdes, ruas híper limpas e tempo ameno.

 

 

Ficámos num hotel mesmo no centro o que nos facilitou imenso, por norma os hotéis situam-se um pouco afastados do centro. Alugámos um carro no aeroporto (erro número um! Sai muito mais em conta alugar numa loja no centro do Funchal! Mas toda a gente erra e o importante é ter saúde!), fizemos um roteiro e conhecemos quase todo, houve algumas mudanças no percurso mas daqui a uns anos voltamos e fazemos uma levada, acho que é a melhor maneira de conhecer a essência da madeira em termos de natureza.

 

A poncha TRADICIONAL e a pescada com bananas é óbvio que fizeram parte da viagem! Ir à Madeira e não provar as bananas da Dona Dolores é como ir a Roma e não ver o Papa. Como disse, aconselho a poncha tradicional, nós tínhamos uma regra, cada dia provávamos um sabor e chegámos à conclusão que não havia melhor que a tradicional... Então a de limão foi direitinha para o lixo, era terrível.

 

Façam como nós, criámos um bloquinho em que pusemos todas as peripécias que nos aconteceram e é óptimo para mais tarde recordar. Como saímos totalmente da nossa vida citadina há com cada história que nem vos passa pela cabeça!

 

Recomendação super importante, jantem cedo! Os horários de jantar são completamente diferentes de Lisboa, às dez já estão a fechar se não tiverem já fechados!

 

image1 (1).JPG

image2.JPG

image3.JPG

image4.JPG

WhatsApp Image 2016-11-12 at 22.31.37.jpeg

WhatsApp Image 2016-11-12 at 22.31.38.jpeg

WhatsApp Image 2016-11-12 at 22.31.40 (1).jpeg

WhatsApp Image 2016-11-12 at 22.31.40.jpeg

WhatsApp Image 2016-11-12 at 22.31.44.jpeg